Caixa limita a licença de empréstimos em dezembro

Publicidade



Posteriormente liberar mais de R$ 5 bilhões no empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil, a Caixa começou a restringir as concessões nessa traço de crédito. De convénio com o jornal O Orbe, a instituição está mais criteriosa para liberar o consignado, dissemelhante de outubro durante o período eleitoral.

Publicidade



Apesar disso, integrantes do Recomendação de Governo da instituição financeira afirmaram que a subtracção na liberação do crédito também tem ocorrido em outras modalidades de empréstimo. Segundo informações divulgadas pelo O Orbe, o banco estaria com o orçamento comprometido, devendo seguir os limites internacionais de prudência. 

“A licença de crédito obedece a critérios internos de governança, com base no contexto de mercado, no monitoramento de seus produtos e nas estratégias do banco. Cabe observar que as linhas de crédito do banco estão ativas e que todos esses critérios são continuamente avaliados tecnicamente e visam a prometer a sustentabilidade e competitividade da instituição, o que faz da Caixa o maior banco brasiliano em crédito e número de clientes”, disse a assessoria de prelo da Caixa Econômica Federalista. 

Empréstimos habitacionais pela Caixa

Segundo informações disponibilizadas pela Caixa, a instituição deve reduzir a licença de empréstimos habitacionais nas últimas semanas de 2022. A medida foi tomada depois o banco conceder mais empréstimos do que o esperado nos últimos meses.

A previsão da Caixa era de atingir R$ 85 bilhões em financiamentos imobiliários no ano de 2022, ou seja, uma expansão de 10% em conferência com o ano anterior. No entanto, a expansão foi maior do que a prevista pelo banco, alcançando um desenvolvimento de 20%.

O crédito consignado do Auxílio Brasil

Na modalidade de empréstimo consignado para os beneficiários do Auxílio Brasil o desconto das parcelas é feito diretamente do favor mensal das famílias. O juros definido pelo Ministério da Cidadania é de 3,5% ao mês (51,11% ao ano), no entanto, as instituições financeiras podem operar inferior do teto. A Caixa Econômica Federalista definiu o juros para essa modalidade de crédito em 3,45% ao mês (50,23% ao ano). 

Para contratar o crédito consignado, o responsável pela família precisa estar recebendo o favor a mais de 90 dias. Ou por outra, o valor sumo do favor que pode ser comprometido para o pagamento das parcelas é de 40%.

Para Daniella Marques, presidente da Caixa, o crédito consignado para os beneficiários do Auxílio Brasil pode estimular a independência financeira dessas famílias. “Trabalhamos com o crédito consciente. Essa é a nossa missão porquê banco público”, afirmou.

Atualmente, existem duas formas de solicitar o empréstimo consignado do Auxílio Brasil: presencialmente ou pelo Caixa TEM. Para fazer a solicitação presencialmente os cidadãos devem ir até uma sucursal da Caixa com documentos de identificação em mãos. 

Já pelo aplicativo Caixa TEM, disponível gratuitamente para aparelhos Android e iOS, será preciso acessar a superfície “Empréstimo” e “Simular e contratar”. Por término, basta que o beneficiário clique na opção “Consignado” para fazer uma simulação e conferir as taxas de juros e valor das parcelas antes de concluir a operação.

Veja o que é sucesso na Internet:

Publicidade



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *